Hanuman e a Kundalini

“Uma das maiores histórias simbolizando a kuṇḍalinī é encontrada nos contos do Senhor Hanuman, o deus macaco. A história de Hanuman simboliza o sādhanā de quem luta para despertar este poder inerente. Diz-se que uma vez, como uma criança, ele estava vendo o sol nascer. De repente, sentiu fome e saltou para o céu e comeu o sol, acreditando que fosse uma maçã enorme. Imediatamente todos os três mundos ficaram escuros e os deuses se estabeleceram em pânico. Hanuman definitivamente não comeu o sol. Isso é meramente uma expressão simbólica que representa a retirada do prāṇa ou a força solar de seu corpo para suṣumṇā. Este é o entendimento secreto da kuṇḍalinī.”
Swami Satyananda

hanuman-yoga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *