O mantra mais poderoso

Swami Shivananda de Rishikesh, norte da Índia foi um grande yogue. Seu nome correu o mundo como um Maharish, um grande sábio, um iluminado. Escreveu muitos livros, todos brilhantes, seu conhecimento iluminou muitas das minhas dúvidas quando eu era adolescentes e jovem buscador do yoga. Estive em Rishikesh no inicio dos anos 80 e naquela época ainda não havia a ponte que atravessava o rio Ganges, atravessávamos com um barqueiro que no meio do rio ele exclamava alto saudações a mãe Ganga e todos respondiam era o folclore da devoção a natureza. A noite acontecia um sat sang – canto e palestra, literalmente significa em companhia da verdade – no ashram de Sivananda com harmonium (instrumento musical de teclas e fole) e mrindangam (espécie de tambor de duas cabeças que se toca deitado) e que pelo cenário daquele templo e das pessoas e suas roupas, inspirava à sensação de estarmos na antiga Índia de séculos atrás. Mas, conta-se que, Swami Shivananda um dia reunido com seus monges mais experientes perguntou a eles qual mantra era o mais poderoso para se usar em qualquer momento. Os discípulos pensaram e responderam um um de cada vez:

– OM Namoh Narayanaya!

Shivananda respondeu, “não”, e outro discípulo respondeu.

– Om Namah Shivaya!

Shivananda respondeu, “não”, e outro discípulo respondeu.

Hare Krishna, Hare Rama

Shivananda respondeu, “não”, e outro discípulo respondeu.

E assim sucessivamente foram respondendo os amntras mais conhecidos do hinduísmo.

Como ninguém parecia acertar ele completou:

“O mantra mais poderoso que pode sempre ser utilizado é:

‘Do it now! Faça agora!’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *