Pranayama

“(…) a prática de Pranayama introduz suaves pressões tanto no canal central da medula espinhal quanto nos ventrículos do cérebro. Essas pressões estimulam todo o sistema nervoso. Graças a estes estímulos central e periférico, a consciência humana começa a interiorizar, passando a ser possíveis percepções supra-sensoriais. Mundos cada vez mais sutis começam a se abrir na mesma proporção em que a própria consciência se torna cada vez mais refinada, até que, afinal, a consciência individual se funde no cosmos, e o individuo se torna um com o infinito (…)”
Swami Kuvalayananda

Pranayama

Pranayama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *